Hey! Você está no Blog YUME, seja bem-vindo(a)!

Bem vinda (o) ao YUME, um blog pessoal e sem fins lucrativos, criado pela B-chan, para satisfazer seu próprio ego.
Aqui, você encontrará reviews de animês e mangás, matérias sobre J-music e K-music, além de comentários de notícias relacionadas a esses meios.

Chihayafuru

Com uma história relativamente simples, personagens bem desenvolvidos e interessantes e um enredo consistente, Chihayafuru está entre os melhores animes de 2011.

 

Chihayafuru no Blog YUME

 

A história por trás da história

Chihaya é uma menina espontânea e bonita com bom coração. Seu maior sonho é que sua irmã, que é uma modelo, alcance a fama. Na escola onde estuda há um menino chamado Arata que sofre bullying dos seus colegas de sala. Arata é um menino quieto, sem muitos amigos e nunca reage quando os colegas de sala zoam com ele.

Um dia, vendo o colega de sala ser bulinada, Chihaya se revolta e o defende, jogando na cara de todos ali o comportamento cruel que estavam praticando. Por conta disso Chihaya também passa a ser excluída da sala, e ela e Arata se tornam amigos.

Este Arata tem um talento especial. Ele é muito bom num jogo chamado karuta. Quando ele e Chihaya jogam karuta pela primeira vez, a menina perde feio. A única carta que consegue pegar no jogo é uma carta com o seu nome. Contudo, Chihaya adora o jogo e se vê praticando sempre.

Karuta (do português carta) é um jogo  de cartas japonês. É jogado, no mínimo, com três pessoas, sendo que duas ficam de frente uma a outra com as cartas dispostas entre elas. É uma espécie de jogo da memória, onde, nas cartas, estão trechos de poemas japoneses. Um jogador será o narrador e terá um leque de cartas apenas dele, e, o utilizará para ler um poema qualuqer. Assim que o narrador começar a ler o poema, os jogadores devem escolher a carta em que o poema narrado está escrito.

Mas quem não está gostando nada disso é o Taichi, um garoto que tem uma quedinha por Chihaya. Vendo que a menina está sendo excluida por conta de Arata, o garoto faz de tudo pra eles se densentenderem… O que não acontece. Com o desenrolar da estória, Taichi acaba gostando de karuta e juntos, os três, montam um “time”, e começam a treinar em centros com esta especialidade.

Arata começou a jogar karuta por causa de seu avô, que é um jogador famoso. Chihaya, contagiada pelo esporte, muda o foco de sua vida. Antes, tudo o que ela queria, ela queria para sua irmã mais velha. Agora, com o karuta, o seu maior sonho é se tornar a melhor jogadora de karuta do mundo. O esporte não é muito praticado fora do Japão, então, se o jogador for o melhor do Japão, ele é o melhor do mundo. O melhor jogador masculino recebe o título de king e a melhor feminina, queen. O maior sonho de Chihaya é se tornar uma queen em karuta. E este sonho a move, e consequentemente, move os amigos dela pelo animê.

 

Onde o animê começa

No primeiro episódio somos apresentados a Chihaya no seu primeiro dia numa escola nova. Lá, descobre que seu amigo de infância, Taichi, a quem não vê por muito tempo, também estuda ali. Isso mostra logo no principio que Chihaya não teve muitas amizades desde sua infânica. Então logo já são misturadas cenas do presente e cenas do passado, de quando era pequena e jogava karuta com Arata e Taichi, com quem ela não tem mais contato.

Logo no começo do animê a garota pede para juntos começarem um clube de karuta na escola. Taichi não concorda, há muito tempo ele não joga karuta e acha que Chihaya deveria parar com esses sonhos infantis. O que ele não sabe é que Chihaya começou a gostar de karuta por causa do time de sua infância, por causa dele e do Arata.

Mas apenas ela continuou jogando desde então. Os outros dois, por um motivo ou por outro, pararam. Mas Chihaya não desiste de karuta e por causa dela os outros dois começam a jogar também, embora Arata esteja morando em outra cidade.

Então eles decidem montar um time e enquanto isso, Chihaya e Taichi vão melhorando cada vez mais no jogo, Chihaya até se torna uma jogadora classe A e Taichi é da classe B. Mas para o clube de karuta se tornar oficial mesmo eles precisam de no mínimo cinco integrantes, e só há Taichi e Chihaya. Então começam a procurar por novos membros, e o animê vai se desenvolvendo.

---------------------

O desenrolar do animê é ótimo. Todos os personagens são bens estrutrados e isso faz com que a integração entre telespectador-série seja ótima também. A animação é impecável, e os traços e as cores são bastante agradáveis. A sonoplastia também é boa, e enquanto os personagens estão jogando, não deixa a desejar.

O animê tem treze episódios, feitos pelo estúdio Madhouse. Na verdade, é uma adaptação de um mangá do mesmo nome cujo mangaká é “Yuki Suetsugu”.

 

 

É necessário, entretanto, levar em consideração que este animê é um shoujo. Portanto, as coisas vão acontecer mais rápido do que realmente acontecem. Por exemplo, por mais que o time de Chihaya seja ótimo, é ainda um time novo, e, jogando contra times que estão treinando há mais tempo, seria real se eles perdessem… Apesar que este negócio de limitações e treinamento em animês e mangás geralmente não é lá realista… Então seria melhor se eu dissesse que é necessário levar em consideração que esta série é um animê Q


Com tudo o que foi dito aqui, vou finalizar recomendando este animê pra você assistir.

É, de verdade, o melhor animê da última temporada. O mais real, mais bem feito, e mais bem programado.  Fica a dica!

7 Comentários:

Rafah! disse...

adorei aqui, tão lindoo! Chihayafuru é muito massa. Seguindo, segui de volta?

jomarasc disse...

Ainda não assisti esse anime - mas teu post me deixou interessada. No momento estou acompanhando Kuroshitsuji.


http://www.harajukunews.blogspot.com

YutoO-Kun disse...

Yoo Miina!
Apresento-lhe o EsCoLa dE OtAkUs, um blog de interação entre otakus. Cadastrando na EsCoLa dE OtAkUs, seu blog será divulgado.

Para mais informações:
http://schoolotakus.blogspot.com/
ou
http://schoolotakus.blogspot.com/2012/01/termos.html

ARIGATOO!
SUCESSO COM TEU BLOG!!! ;)

Suzi disse...

Adoro esse animê. Temporada passada só dava ele e Kimi To Boku *-*
Eu gosto do Taichi...tenho uma peninha dele porque a Chihaya não tá nem aí. Ela só liga pro Karuta [que é um jogo! LOL].

Te achei no Onigiri, estou seguindo o blog

Daisu disse...

Com licença B-chan. Aqui é a Daisu e quero te avisar que o seu blog está sem o selo do Onigiri e corre risco de ser tirado de lá. Por favor, se quiser continuar no Onigiri, ponha o selo em um lugar no blog e contate as síndicas até esse domingo. Beijos, Daisu ~

Roxas disse...

/cruza os dedos pra B-chan não me matar por não ter lido o post

B-chan, aqui é a Sii, do Onigiri. Tava acontecendo o churrasco e os monitores colocaram seu blog como [BLANK] (atualmente, te colocaram na conta Fugitivo, que é a mesma coisa). Achei estranho, vim olhar "Pô. B-chan é das velha, ela num esquece um troço como link do Onigiri". Aí vi que o imageshack tinha tirado alguns dos velhos selo do Onigiri no ar, mas o link do Onigiri ainda está aqui, flutuando (eu tive que dar CTRL U, não estava achando esta situação válida).

Um dia, seeee tiver tempo, quiser colocar o link de texto, ou o velho selo que usava (mas que agora hospedamos no próprio Onigiri), teria como colocar? Assim evita situações como essa. :3

Emilie S. disse...

E eu não acredito que não temos nem previsão da 2a. temporada.... já estão dizendo que não terá ...

=[

Participo!

Onigiri quase Prédio

Termos legais

O conteúdo desse blog é protegido por: Creative Commons License
Melhor visualizado no Chrome ou Firefox.