Hey! Você está no Blog YUME, seja bem-vindo(a)!

Bem vinda (o) ao YUME, um blog pessoal e sem fins lucrativos, criado pela B-chan, para satisfazer seu próprio ego.
Aqui, você encontrará reviews de animês e mangás, matérias sobre J-music e K-music, além de comentários de notícias relacionadas a esses meios.

Marrying The Mafia

Dae-Suh acorda numa ressaca depois de uma festa que durou toda a noite. Ele tem uma reunião importante hoje e não deve se atrasar, embora ele esteja um caco. Até aí, nada fora do comum — Mas é só até aí mesmo, pois Dae-Suh vê uma estranha nua deitada ao seu lado na cama. Ele nunca a viu antes, não sabe quem ela é e não se lembra de nada. O problema, meu caro leitor... É que ela é filha de um chefe da máfia!

Se você estivesse na situação dele, o que faria? Hm... Analise bem o que ele fez.

 

Marrying the mafia no Blog YUME!!

 

Dae-Suh, em sua lerdeza, não entende a situação de primeira, mas quando entende... Ele grita de susto quando a vê, e ela, acordada e mais confusa ainda, grita mais alto! E “vamo que vamo”, a moça tenta se suicidar e é impedida por ele, é claro (nota: EURI).

Eles tentam reconstituir os passos, mas nada! Não há como se lembrarem do que aconteceu!

Se recusando a acreditar que teria traído sua namorada, Dae-Suh pede para a moça — a Jin-Kyung — ir ao médico checar se estava tudo bem... Uau! — eu pensei — Mas o quê mesmo? A Jin-Kyung era virgem! (“era”, aparentemente).

Mas se deitar com a princesinha de um chefe da máfia tem lá seus preços e Dae-Suh não tem a opção de não pagá-los!

Aparecem três homens mal-encarados de ternos negros no emprego do inteligentíssimo; amabilíssimo; este, um poço de esperteza que é o Dae-Suh. Mas se você pensa que estes três irmãos de Kyung iriam bater nele até não poder mais: pasme! Você não está sem razão. É, depois de uns soquinhos e tapas no velho selo da “koren cuality”, disseram que ele recebeu golpes que o deixariam ferrado por quatro semanas.

Se aquilo deixa alguém ferrado por quatro semanas... Ok, né.

Mas o que o homem não esperava é que os irmãos da garota fossem se interessar por ele. Não, não é do jeito que você está pensando.

Apesar da família de Kyung estar “bem” no mercado negro, há uma baixa essencial na família. O chefe desta, e pai da garota, é habilidoso com artes marciais; sendo que reza a lenda da vitória dele sozinho contra uma dezena em uma versão da história, e uma centena n’outra, de adversários de uma famiglia rival; e uso de armas, tanto brancas como de fogo, e por estes e outros dotes é conhecido como o lendário “Triplo J”.

Triplo J pois o nome dele é JANG Jung-jong, e as iniciais dão três jotas.

Mas vamos voltar ao ponto. Apesar de toda a força que tem, esta famiglia mafiosa (N\A: famiglia mesmo que é do italiano, e máfia com “famiglia” tem mais classe do que “família” / olha o fandom de KHR aqui, ó) tem uma lacuna essencial. A vaga de uma pessoa... Vamos fazer drama... A vaga de uma pessoa inteligente.

E sim, Dae-Suh é uma pessoa inteligente! Ele estudou na Universidade de Seul!

Então decidem “contrata-lo”. E daí vem o nome do dorama, porque este contrato é basicamente que ele se case com Kyung.

Marrying the mafia - blog yume

Você já deve ter percebido o furo disto... Quem disse que Dae-Suh quer se casar com ela? Ele nem a conhece! Ele tem uma namorada! E mais! Nos exames que a moça fez, está comprovado que ela ainda é virgem — Eles não fizeram nada!

Mas quem foi que disse que ele poderia negar? Ou ele se casava ou ele se matava. A não ser que quisesse morrer de modo cruel por outras mãos, e essas outras mãos significam “família da Kyung”.

E sobre ela, a Kyung? O que ela acha disto tudo? Na verdade, ela é uma pessoa doce e quieta, e não sabe como reagir em meio a tudo. Devido à cena em que o pai dela exclama aliviado sobre ela finalmente se casar, acredito que ela não tenha namorado muito na vida — e contrário aos pensamentos da nossa maravilhosa e perfeita sociedade, isso não significa que ela é feia ou burra ou problemática, pois é exatamente o contrário.

Entretanto, o pai e os irmãos dela não estão nada confusos como os dois. Querem ter o cara na famiglia e pronto. Usam de artifícios pouco lícitos como contratar um modelo para seduzir a namorada de Dae-Suh para fazer os dois terminarem, arranjar cenas tradicionalmente românticas entre Dae-Suh e Kyung e implicarem ameaça ao ar da família do noivo, caso ele dê um passo para trás no casamento.

Em meio a tudo isto, temos muita bebedeira, algumas prostitutas, pancadas, luta entre máfias e o engraçadíssimo foco no romance extraconjugal do irmão mais velho de Kyung. E é claro, um punhado de shoujo jogado no caldeirão.

Será que Dae-Suh se casará com Kyuang? Tudo conspira a esse favor e também contra! Ou talvez seja apenas a família mafiosa da noiva...

Você tem que assistir pra saber!

 

O filme — Impressões

 

Desde lançado, Marrying The Mafia foi um estrondo de bilheteria! O filme vendeu 5.200.001 ingressos, se tornando o 14º filme mais vendido da Coréia do Sul. No ano de seu lançamento (2002, setembro) foi o filme sul coreano mais assitido contando os filmes estrangeiros em cartaz. Uou, diz aí se não são bons dados?

É um dorama engraçado e fofo. Estranhei um pouco o negócio do No mais, é uma boa escolha para passar o tempo e rir um pouco. Enjoy!

 

OBS: Este foi o primeiro dorama que assisti na vida... Mas já estava mais ou menos acostumada por ver uns taiwaneses. Uma amiga minha começou a falar tanto no cinema coreano que ela acendeu em mim a vontade de vê-lo que nem vendo trailers e resenhas deles eu tinha. A influência dos amigos, meu! Hahaha!

OBS2: Sim, o “Korean Cuality” está escrito errado, não foi burrice te-lo esvcrito deste modo.

1 Comentário:

Tsu disse...

Oi B-chan!
Caramba!! Então vocÇê PRECISA ler os livros de Anne Rice...aquilo sim é vampiro de verdade, como devem ser. Mas tem que começar primeiro por Entrevista com o Vampiro , Vampiro Lestat, Rainha dos Condenados (que formam uma tríade). Os demais fecham o arco e ou tratam de histórias particulares de outros vampiros. Acaso você já viu o filme Entrevista com o Vampiro, tendo Tom Cruise, Brad Pitt e Antonio Banderas nos papéis principais? Veja, é uma obra de arte!
Lestat é irresistível, você verá =)
bjs

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

Participo!

Onigiri quase Prédio

Termos legais

O conteúdo desse blog é protegido por: Creative Commons License
Melhor visualizado no Chrome ou Firefox.