Hey! Você está no Blog YUME, seja bem-vindo(a)!

Bem vinda (o) ao YUME, um blog pessoal e sem fins lucrativos, criado pela B-chan, para satisfazer seu próprio ego.
Aqui, você encontrará reviews de animês e mangás, matérias sobre J-music e K-music, além de comentários de notícias relacionadas a esses meios.

NANA

NANA originalmente é um manga da Ai Yazawa—mesma autora de Paradise kiss ♥—que vem sendo publicado desde 15 de novembro de 2002. Assim como vários outros mangás de sucesso, NANA virou animê [O que todos já esperavam].

Nana está no Blog YUME

O animê possui (por enquanto) uma temporada com 47 episódios + 3 especiais. Esses na verdade só contam o que a gente já sabe (os especiais)… É bem provável que exista uma segunda temporada, já que no final do último episódio, aquela chata daquela apresentadora deixa bem claro que aquele é o último episódio da PRIMEIRA temporada. [=^^=] E eu vi em algum lugar—não lembro aonde—que haveria sim uma segunda temporada, mas só quando o mangá acabar.

OK! Agora vou falar um pouquinho do animê [XD]. Eu diria que a história gira em torno de duas bandas: Black Stones e Trapnest. E em torno de todos os integrantes dessas bandas, mas é contada de acordo com as personagens principais Nana Komatsu e Nana Oosaki. Principalmente através da Komatsu.

Trapnest, de NANA

As duas moças de 20 anos se conheceram num trem que ia pra Tóquio. Elas começaram a conversar (apesar que era só a Hachi que conversava) e quando acabou a viagem ficou por isso mesmo. A Komatsu, mas conhecida com Hachi [XD], veio a Tóquio atrás de seu namorada Shouji, para viver mais próxima dele. Ele era um amigo da cidade natal dela, antes de virar seu namorado.

A Oosaki foi a Tóquio no objetivo de fazer muito sucesso como cantora. Na cidade natal dela, quando vocalista da Black Stones faziam muito sucesso, agora ela quis vir para Tóquio para ter um lugar ao sol. Ela vivia num love intenso junto de seu ex-namorado, que abandonou a Black Stones como baixista e entrou para a Trapnest, o Ren.

A história é fascinante, depois de ver o animê, que

 ACREDITE ou NÃO

eu assisti em 3 dias.[*o*v—Pra isso que serve as minhas férias], eu li um pouquinho do mangá, por isso a demora em postar [¬¬”], e é demais!

Eu adoro você ♥Ai Yazawa♥…

y1peYUq-toiBsckIsy5Y46y2jjq-IZouIm4nF9CXV7UnyZHhoGog2L4h2OFKfDtrJfQ5jym4tuGJAk

A história realmente é fascinante! Eu nunca tinha assistido algo assim, sempre estou vivendo e aprendendo, ou seria assistindo e aprendendo? ^^ É bem realista e interessante, passa uma energia bem legal e mostra que a vida não é lá tão rosa…

Se você não assistiu eu recomendo! Mas atenção: Você pode ficar meia chocada (ou chocado) e chorar até morrer. Comigo foi assim. Mas mesmo assim eu não me arrependo.

Caso você assista lembre-se também que não acabou! O mangá está em publicação ainda e haverá uma segunda temporada. E também não se esqueça de ler o mangá. Se eu não me engano, você pode começar do capítulo 42 se já assistiu toda a temporada do animê.

Não se preocupe, esse não será o ultimo post sobre Nana. Vou ler mais alguns capítulos, aí eu trago fotos, fofocas, spoillers… Até porque eu não vou conseguir me segurar [;-D].

Mas talvez isso seja algo preocupante, não? [rsrs]

Seja o primeiro a dar sua opinião!

Participo!

Onigiri quase Prédio

Termos legais

O conteúdo desse blog é protegido por: Creative Commons License
Melhor visualizado no Chrome ou Firefox.